NOTÍCIAS

SAÚDE PÚBLICA

CRO e CRM planejam ações conjuntas

Assuntos de interesse da saúde pública de Mato Grosso foram discutidos pelos presidentes do Conselho Regional de Odontologia (CRO-MT), Luiz Evaristo Volpato e do Conselho Regional de Medicina (CRM-MT), Maria de Fátima Ferreira nesta quarta-feira (14), durante reunião na sede do CRM-MT, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá.

As autarquias discutem uma forma de unir ações realizadas pelas entidades e que diz respeito a vários profissionais da saúde. Entre as questões levantadas, a segurança no local de trabalho.

Os presidentes lembraram da intercorrência registrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Morada do Ouro na tarde de terça-feira (13) quando criminosos tentavam resgatar um preso que estava sendo atendido na unidade. Houve troca de tiros e cinco pessoas ficaram feridas, entre elas uma enfermeira que trabalhava na unidade.

Na opinião dos representantes dos Conselhos, unidas, as reinvindicações por melhorias nas condições de trabalho são fortalecidas e consequentemente há mais incentivo para a área de saúde pública.

Outro tema debatido foi a liminar concedida pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte que suspendeu a resolução n° 176 do Conselho Federal de Odontologia (CFO), aprovada em setembro de 2016, e que regulamentava o uso por cirurgiões-dentistas da toxina botulínica e de substâncias de preenchedores faciais para fins estéticos.

Volpato ainda pediu apoio ao CRM a projetos de lei encaminhados ao deputado estadual Dr Leonardo, que são de interesse tanto de médicos quanto dos cirurgiões-dentistas e demais profissionais da área da saúde.  

ZF PRESS – ASSESSORIA DE IMPRENSA DO CRO-MT

COMENTÁRIOS