NOTÍCIAS

CRO ITINERANTE

Ética e notícias falsas são pautas de palestra em Tangará da Serra

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) levou o programa CRO Itinerante ao município de Tangará da Serra. Na ocasião, aconteceu a palestra “Odontologia em tempos de fake news. Qual a evidência?”, ministrada por Luiz Evaristo Volpato, e o módulo “Processo ético: o que pode e o que não pode!”, apresentado por Sandro Stefanini.

Volpato discorreu sobre os problemas e superficialidades dos mitos – tidos como verdade na era da informação – que rapidamente se solidificam em nossa sociedade, enquanto Stefanini abordou as mudanças que elucidam a discussão sobre os princípios morais no Brasil.

“Como cirurgião-dentista, acho preocupante a facilidade com que as pessoas se deixam levar por falácias. Muitos mitos foram construídos facilmente na odontologia”, explicou o presidente do CRO-MT, Luiz Evaristo Volpato.

Sandro Stefanini também comentou a importância dos assuntos abordados no encontro. “O módulo teve como objetivo propor, aos cirurgiões-dentistas e à população, uma reflexão referente à ética em nossa profissão”, disse.

O evento aconteceu no dia 12 de maio, no auditório da UNIC de Tangará da Serra, contou com a presença de 78 participantes e arrecadou 84 quilos de alimentos não perecíveis.

BALANÇO – Na edição de 2017, o projeto CRO Itinerante percorreu quase 5 mil quilômetros e esteve em 13 municípios localizados em todas as regiões de Mato Grosso. Nesses encontros, 209 profissionais foram atualizados sobre temas como “Solução Estética com Resinas e Cerâmicas”, “Exames preventivos na Odontologia” e “Código de Ética e a Publicidade e Propaganda na Odontologia”.

ZF PRESS – ASSESSORIA DE IMPRENSA DO CRO-MT

COMENTÁRIOS